Convergencia entre el Plan y la Agenda 2030

O Estratégia Federal de Desenvolvimento é considerado um instrumento que materializa uma visão de longo prazo para o país. Sua função é orientar o Plano Plurianual (PPA), os planos nacionais, setoriais, regionais e os planos estratégicos das instituições do Estado.

A estratégia contém possíveis cenários macroeconômicos para os próximos doze anos e eixos estratégicos. Para cada eixo, estabelece diretrizes, desafios, indicadores e metas.

Para mais informacao: Visite o site

Diretriz Principal

Elevar a renda e a qualidade de vida da populaçao brasileira com reduçao das desigualdades sociais e regionais.

Eixo Econômico

Alcançar o crescimento econômico sustentado e a geração de empregos, com foco no ganho de produtividade, na eficiência alocativa e na recuperação do equilíbrio fiscal.

Promover o crescimento sustentado do PIB per capita nacional.

Aumentar a produtividade da economia brasileira.

Aproveitar o potencial da força de trabalho, aumentando sua qualificação e empregabilidade.

Alcançar uma integração econômica regional e global maior

Eixo Institucional

Aprimorar a governança pública, com foco na entrega efetiva de serviços ao cidadão e na melhoria do ambiente de negócios, garantindo a soberania e promovendo os interesses nacionais.

Melhorar a governança do setor público, aumentando a eficiência, a eficácia e a efetividade das ações de governo.

Ampliar a competitividade do Brasil de forma a se aproximar das economias desenvolvidas.

Garantir a soberania e promover os interesses nacionais.

Eixo Infraestrutura

Fomentar o desenvolvimento da infraestrutura, com foco no ganho de competitividade e na melhoria da qualidade de vida, assegurando a sustentabilidade ambiental e propiciando a integração nacional e internacional.

Ampliar os investimentos em infraestrutura.

Melhorar o desempenho logístico do País.

Proporcionar maior bem-estar para a população.

Eixo Ambiental

Promover a conservação e o uso sustentável dos recursos naturais, com foco na qualidade ambiental como um dos aspectos fundamentais da qualidade de vida das pessoas, conciliando a preservação do meio ambiente com o desenvolvimento econômico e social.

Melhorar a qualidade ambiental urbana.

Implementar políticas, ações e medidas para o enfrentamento da mudança do clima e dos seus efeitos, fomentando uma economia resiliente e de baixo carbono.

Assegurar a preservação da biodiversidade, a redução do desmatamento ilegal, a recuperação da vegetação nativa e o uso sustentável dos biomas nacionais.

Promover oportunidades de negócios sustentáveis em meio ambiente.

Eixo Social

Promover o bem-estar, a família, a cidadania e a inclusão social, com foco na igualdade de oportunidades e no acesso a serviços públicos de qualidade, por meio da geração de renda e da redução das desigualdades sociais e regionais.

Ampliar o acesso à educação, a permanência nesta e principalmente a sua qualidade.

Melhorar o acesso aos serviços de saúde e a sua qualidade.

Reduzir a criminalidade violenta, sobretudo o número de vítimas fatais.

Reduzir a proporção da população abaixo da linha de pobreza e as desigualdades sociais.

Efetivar os direitos humanos fundamentais e a cidadania.